terça-feira, 11 de janeiro de 2011


 Quando pensava em parar, o telefone tocou. Então uma voz que eu não ouvia há muito tempo, tanto tempo que quase não a reconheci (mas como poderia esquecê-la?),uma voz amorosa falou meu nome, uma voz quente repetiu que sentia uma saudade enorme, uma falta insuportável, e que queria voltar...
(Caio F.)

Um comentário:

  1. Florzinha,tem selinho pra voc em meu blog.Espero que goste*--*

    ResponderExcluir